Quando decidir por uma terapia de casal?

A procura pela terapia de casal aumenta consideravelmente nos consultórios, mas mesmo assim ainda parece desconhecido para muitos.

A terapia de casal é útil tanto para casais que são casados formalmente ou não, como também namorados.

Quando buscar a terapia de casal?

Quando o clima do relacionamento não está harmonioso, quando entram em conflito e não conseguem por si só encontrarem a melhor forma para resolvê-lo. Isto causa dúvidas, inseguranças, desmotivação e assim gera o desinteresse em encontrar novas formas de viabilizar uma convivência saudável.

Se um dos membros tem um histórico de relacionamentos que acabaram naufragando sempre pelo mesmo motivo é importante que busque uma terapia individual para entender quais mecanismos inconscientes o impediram de dar outro destino aos relacionamentos anteriores e obter maior compreensão e consequente liberdade de escolha em relação ao atual.

Não é fácil estabelecer um padrão geral de comportamento nem abstrair um modelo estrutural das relações de casal de nossa época.
Cada um espera encontrar no outro um colo, uma pessoa com maturidade emocional suficiente para atender suas carências afetivas.

Em tal contexto, sem dar-se conta, esperam encontrar no casamento uma espécie de oásis, uma fonte de conforto, um parceiro atento, meigo e compreensivo além do sexo cinematográfico… Deseja-se apoio, proteção, reconhecimento.

A necessidade de muito receber do outro entra em confronto com a pouca disponibilidade para doar. Os parceiros se revezam num eterno conflito: quem recebe sente que recebe pouco e quem dá acha que dá demais.

 A terapia de casal geralmente é procurada em meio a uma crise suficientemente grave para ter levado ao menos um dos parceiros a falar em separação. Separação é um processo doloroso, mesmo para o parceiro que se diz decidido.

A suspeita de traição ou a traição confirmada por um dos parceiros é também uma causa que traz mais casais ao consultório, além de questões ligadas à sexualidade, filhos, falta de amor, vícios estariam entre as outras queixas mais frequentes.

A terapia de casal dura em média de três a seis meses, um trabalho breve para os padrões da psicanálise e o rumo que o relacionamento vai tomar a partir do processo analítico e das escolhas feitas pelo casal podem beneficiar o casal para vários aspectos de sua vida

O terapeuta ajuda o casal a desvendar o que está encoberto por trás das brigas repetitivas e aparentemente fúteis que normalmente impedem que o casal consiga ter uma conversa minimamente civilizada.

Os dois membros do casal terão clareza dos processos inconscientes que os levaram a se escolherem como parceiros e como chegaram ao ponto de desencontro. Haverá a consciência de que num casal não existe um único culpado nem um único santo. Há sempre dois em jogo…

O importante é encontrar a melhor forma para que possam viver ao lado um do outro em um relacionamento saudável e com uma comunicação mais assertiva. Pois o que mais gera conflito em uma relação é a comunicação destorcida.

Estar  disposto  a encontrar o melhor caminho para uma vida a dois harmoniosa e mais feliz é muito importante. Aprenderem a conviver com quem se ama de maneira a gerar grande satisfação e realização diante de sua vida amorosa é um presente…um cuidado consigo mesmo!!!

Você merece amar muito e ser muito amado!!!

Um abraço e o desejo de uma vida amorosa feliz!

Daiane Silveira


Agende seu horário  pelo contato abaixo:                                                               Para descontrair

 Cel/ watsapp : (37) 99938-8688

 

 



Comentários Desativados