Ninguém precisa engolir sapo

Quanto mais entendermos  como a tempestade emocional acontece, maiores serão as chances de contorná-la sem grandes prejuízos a para a saúde.

Resultado de imagem para engolir sapo

 

As emoções fazem parte da vida e são ferramentas primárias para a sobrevivência. A raiva é uma delas. E esta contida ou expressa em demasia, ataca o “fígado”. Sua ação descompensa todo o equilíbrio emocional e físico, além de trazer danos a saúde física: aumenta os batimentos cardíacos, provoca a sudorese, além de um estado incontrolável dos impulsos. Quem nunca se deparou com a raiva?

A raiva é um sentimento de protesto, insegurança, timidez ou frustração, contra alguém ou alguma coisa, que as pessoas demonstram quando se sentem ameaçadas. Varia de intensidade e de pessoa para pessoa, podendo ser uma simples irritação ou uma demonstração de fúria.

Para lidar com esta emoção é  preciso entendê-la. Identificar o sentimento que está por trás , que está mascarado e que se manifesta diante de um fato. Ninguém precisa engolir a raiva. Até porque ela pode explodir em gastrite, hipertensão, dermatites e em outros problemas de saúde.

Quando nos deparamos com algo que nos impede de sentirmos bem, e isto foi provocado por atitudes de outro ou por nós mesmos, logo projetamos a ira procurando o culpado.

Nem toda ira é ruim. Soltar a voz pode nos dar coragem para tomar uma atitude. Outra função é sinalizar para o outro que algo não vai bem. Mas passar a vida esbravejando, reagindo pelos impulsos pode ser perigoso.

A raiva deve ser compreendida, dominada. Quando ela chega e você reage por sua manifestação, esta tem a função de destruir…mas não destruir o outro, mas sim aquele sentimento que foi despertado “dentro de você “que que não é fácil sentir.  Então, em vez de usar da explosão, a sugestão é identificar este sentimento e voltar a atenção para ele.

Veja um exercício que você pode realizar num período de acesso a raiva:

  • Quando reajo com raiva é porque me sinto….
  • Da próxima vez que sentir raiva, posso escolher…….
  • Assim evitarei…..

Algumas situações realmente nos tiram do sério. Ainda assim, podemos respirar fundo e não só desviar de uma atitude insensata, como ainda minimizar o clima pesado no ar.

INSPIRA, EXPIRA E NÃO PIRA

Veja alguns exemplos interessantes e que talvez você não tenha pensado da maneira citada:

  • Se a internet não estiver funcionando…pense que há mil coisas para fazer sem ela.
  • Quando a fila não andar e você estiver atrasado…você não controla tudo.
  • No trânsito… em vez de resmungar pense se você sinalizou direitinho.  E assim siga…
  • Quando o chefe disser uma coisa que o enfurece… evite dar resposta reativa. Pergunte-se: se eu explodir com o chefe vai me ajudar ou agravar a situação?
  • Quando estiver meia hora aguardando no telefone pelo atendimento de telemarketing…diga para si mesmo…quem mantem a calma , mantém o controle.

Será fácil? Talvez não. Mas tudo pode ser transformado quando entendido. Até mesmo porque algumas reações passam a ser hábitos construídos por nós mesmo por não sabermos fazer diferente, e  também pela repetição.

Atente-se! Você é o único responsável por fazer as mudanças em sua vida

O bom humor e o pensamento positivo são antídotos perfeitos para diminuir a incidência da raiva.

Transforme o que te incomodou rapidamente em positivo, isso irá motivá-lo e conservará sua energia.

Lembre-se ela é preciosa.

Transforme os sapos em oportunidades e não em problemas.

Desejo um dia excelente e rico em oportunidades para treinar suas habilidades em lidar com suas emoções.

Grande abraço

Daiane Silveira


COMPARTILHE COM AMIGOS



Comentários Desativados