Como é difícil dizer adeus

O fim está dado no ponto de partida e testa nossa capacidade de transformar finais em recomeços.
Todo ser humano se guia por uma marca e sofremos não só pela perda em si, mas pelo que caracteriza a vida.

Resultado de imagem para adeus

Ninguém está preparado para uma perda…seja de um trabalho, um amigo ou familiar, um amor…Este fato demanda aceitação e inicialmente a resistência bate e dificulta a leveza e serenidade. Pois ela bloqueia e abriga aquele sentimento de dor que se instala instantaneamente após uma perda. Mesmo quando temos consciência de que faz parte da vida ou que foi o melhor que aconteceu. O vazio chega e como voltar ao equilíbrio?

Há quem diga: o tempo dará um jeito nisso; ou preencha sua vida evitando tempo ociosos demais; nada como aceitar pacientemente; se for um término de relacionamento …um amor cura outro. Tantas opções!!! E qual seria a ideal?

O entendimento que a existência se alimenta de finais e recomeços e a natureza está aí para ilustrar isso com perfeição. Há como se preparar para os desfechos que nos aguardam? A cada chamado da vida, o coração deve estar pronto para a despedida e para um novo começo… até mesmo porque se aprendermos perder um pouquinho todos os dias: um horário, um vôo, uma posição… o processo não é racional, mas quando esse processo é vivido com todas as emoções que a ruptura provoca ( sentimentos de perda, ansiedade, quanto ao novo, nostalgia de boas lembranças, etc.) o ciclo se encerra naturalmente e podemos tocar a vida. E quanto mais funda for a entrega, quanto maior a abertura para chorar, mais fácil para chegar na outra margem. Só conseguimos chegar do outro lado se tudo isso for realmente vivido. E assim rememorá-los sem dor. Se todo o sofrimento é maquiado por medicamentos, disfarçar por superproteção, estaremos produzindo um ser incapaz, impotente, porque é da vontade de superar a perda que vem a potência de cada um.

Se refazer envolve mais que alguns meses e sim viver cada dia da melhor maneira atribuindo a si o direito de sentir e ao mesmo se erguer.

Não impeça que os sentimentos venham…acolha …respire fundo e olhe para frente. Pois é lá que vai caminhar…para frente, mesmo que com passos lentos, mas vá em frente.

Desejo superação, o recomeço iluminado e cheio de esperança do melhor.

Forte abraço

Daiane Silveira

______________________________________________________________________________

COMPARTILHE COM AMIGOS



Comentários Desativados